Clínica de reabilitação em São Paulo SP

TUDO SOBRE CLÍNICA DE REABILITAÇÃO EM SÃO PAULO E EM TODO O BRASIL VOCÊ ENCONTRA AQUI

Você certamente já conheceu uma pessoa que sofre com problemas com álcool e drogas não é mesmo?

Muitas dúvidas podem surgir quando o assunto é dar um suporte sobretudo às famílias dessas pessoas que passam por essa situação.

Pensando nisso, criamos o conteúdo de hoje, para que você entenda toda a dinâmica de uma clínica e possa entender se essa

é a melhor opção para a pessoa que você ama. Fique conosco e entenda melhor.

A dependência química é uma doença. No momento em que a pessoa passa por isso, inegavelmente sofre com todas as mazelas desse caminho.

Bem como sua família, esse pesadelo está presente na vida de milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Os prejuízos tendem a aumentar a maneira que o paciente passa a usar mais

Isso acontece devido a progressão da doença. A dependência química é uma doença progressiva, incurável e fatal. Portanto, a medida que o paciente consome a substância,

Ele está dando combustível a ela, uma vez que é progressiva. Infelizmente não possui cura, e deve ser tratada para sempre.

Não existe redução de danos comprovadamente eficaz, por isso, a única forma segura capaz de interromper a progressão é através da abstinência total da substancia ao qual o paciente é dependente.

Então, muitos dependentes químicos a se darem conta de sua doença tentaram enfim se abster das drogas e do álcool.

No entanto, como nem tudo são flores eles entenderam então o quão difícil é ficar abstinente.

Sozinhos, muitas vezes não conseguem resultados expressivos, por isso, a busca por tratamentos tem aumentado gradativamente.

Tudo sobre clínica de reabilitação em São Paulo e outros tratamentos da dependência química

Tudo o que você precisa saber sobre clínica de reabilitação em São Paulo
Tire todas as suas dúvidas sobre clínica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil

No momento em que o paciente se vê sem alternativas plausíveis para ficar limpo, tentou de tudo sem sucesso, vem a necessidade de procurar ajuda.

A ajuda vem através de um primeiro passo, a rendição. Compreender que é impotente perante a substância é primordial para que a recuperação seja eficaz.

Por isso, antes de qualquer coisa o paciente precisa entender a sua dificuldade perante as drogas e o álcool.

Além disso, é preciso ser consciente sobre os riscos e perigos inerentes ao consumo, e como a dependência pode ser traiçoeira.

Existem casos de pacientes que se mantém limpos por anos, mas subestimam a doença e em determinado momento relaxam em sua recuperação

permitindo-se por exemplo, consumir álcool e esse (que pode não ser sua droga de consumo principal) pode o levar inevitavelmente ao consumo da

droga de consumo principal. Outros, no entanto, voltam a frequentar lugares ou a se encontrar pessoas que favorecem o ambiente de consumo

com isso, a recaída inevitavelmente pode acontece.

Toda a orientação e suporte sobre como viver longe desses riscos o paciente pode encontrar no programa de recuperação.

Esse programa pode ser através de diversas frentes, através de tratamentos alternativos, de uma internação em uma clínica de reabilitação em São Paulo ou

com ajuda de um médico ou acompanhante terapêutico. São várias as formas de tratamento existentes, resta saber qual a melhor atende

as necessidades do paciente. O tratamento deve ser feito de maneira pessoal e intransferível.

O plano terapêutico deve contemplar as particularidades de cada paciente, agregando valor a sua vida e trazendo transformação de uma maneira geral

CLÍNICA DE REABILITAÇÃO EM SÃO PAULO, DÁ RESULTADOS?

será que uma clínica de reabilitação em São Paulo pode dar resultados?
Sabendo como funciona, será que verdadeiramente uma clínica de reabilitação dá resultados?

Dentre todas as alternativas de tratamento de álcool e drogas e outras dependências, o tratamento e uma clínica de reabilitação em São Paulo

Pode ser o tratamento mais completo, isso porque dentro de uma clínica o paciente recebe o tratamento para todas as áreas afetadas em sua vida.

É natural que os pacientes precisem de tratamento para o aspecto físico, mental, psicológico, emocional, espiritual e social.

Através de um plano de mudança estrutural, de comportamentos e pensamento, o paciente pode voltar a sonhar

A expectativa é de que o paciente consiga fazer uma autoanálise acerca de toda a sua vida, suas atitudes, perdas e ganhos.

Reconhecer

o quão doloroso é ficar sem consumir as drogas, mas reconhecer principalmente o quão terrível é viver sobre essa escravidão.

Para isso, os centros de recuperação oferecem uma série de opções que podem favorecer o autoconhecimento e ações permanentes contra a dependência.

Isso é possível através da junção do tratamento emocional / psicológico que contempla terapias, atendimentos individuais e em grupo com psiquiatras

e profissionais especialistas da área de dependência química, somadas a uma reeducação alimentar com terapias ocupacionais e atividades físicas

Além de propor uma autoanálise em um ambiente de confiança mútua e que transmita bem-estar e acolhimento.

Os resultados podem ser muito positivos, mas não dependem exclusivamente dos recursos da unidade.

Para ser efetivo, é preciso que o paciente entenda a sua doença e reconheça que precisa aplicar o que aprendeu na prática.

Apesar de muito suporte, a maioria dos pacientes podem ter recaídas ao final do tratamento, por isso, é recomendado que seja feita uma manutenção

nesse tratamento, o que deixa os pacientes mais fortes é valorizar a sua reabilitação como seu bem mais preciso, frequentando a grupos de ajuda mútua por exemplo.

Como funciona o tratamento?

Como funciona o tratamento em uma clínica de reabilitação em São Paulo?
Tudo sobre clínica de reabilitação em São Paulo

O tratamento é a peça chave para efetividade e resultados, deve contemplar práticas terapêuticas capazes de fazer uma mudança

principalmente no que diz respeito aos comportamentos e atitudes.

Para isso, as clínicas dispõem de uma equipe multidisciplinar ativa altamente capacitada e experiente na área da dependência química.

São pessoas que atuam nesse mercado a anos, especialistas e capacitadas para dar todo o suporte aos pacientes em todos os momentos da reabilitação

Dúvidas na hora de separar o que levar para a clínica? Preparamos um post exclusivo com tudo que deve conter um enxoval

Enxoval

o tratamento é subdividido em etapas, funciona da seguinte maneira:

O Paciente da entrada na clínica de reabilitação em São Paulo ou em todo o Brasil.

Nesse momento, a equipe o recebe e faz uma primeira avaliação que deverá nortear o seu tratamento.

Essa avaliação é revista a cada dia e, caso seja necessário, há uma mudança de rota que permite inserção de novas dinâmicas, mudança de postura.

A avaliação

fará parte do plano terapêutico desenvolvido mediante as necessidades de cada paciente.

Vale lembrar, que esse projeto terapêutico é personalizado de uso individual e intransferível, afinal, cada paciente é único.

Apesar dos dependentes químicos apresentarem uma série de comportamentos padrões da doença, cada paciente entrou nessa por

um motivo específico e por isso, causas e gatilhos tem um espaço especial no tratamento.

Feito o acolhimento, o paciente passa a ingressar o programa de recuperação, é respeitado o período de adaptação para que ele

entenda e vá se adaptando a rotina da clínica e só após estar ingressado plenamente no programa o tratamento é aplicado.

No primeiro momento

Acolhimento em uma clínica
O acolhimento em uma clínica de reabilitação em São Paulo

é primordial que a equipe se esforce para que haja um ambiente de confiança mútua.

Estabelecer um ambiente onde o paciente consiga confiar nas pessoas que prestam esse serviço a ele, além de ser eficiente torna as coisas muito mais simples.

Ter o acompanhamento de uma equipe especializada favorece o tratamento de uma maneira geral, uma vez que, os pacientes se sentem a vontade.

Além disso, é possível garantir que o paciente seja assistido na fase mais crítica do tratamento: A ABSTINÊNCIA

ABSTINÊNCIA

clínica de reabilitação como funciona a abstinência
Dores físicas, psicológicas, emocionais, porque é tão difícil parar de usar drogas?

A abstinência nada mais é do que o ato de se privar de algo. Na dependência química, conforme já falamos anteriormente, é de suma

importância que o paciente fique abstinente para que tenha resultados expressivos em seu tratamento.

Nenhum estudo conseguiu comprovar a tese de saúde no que diz respeito ao consumo controlado ou redução de danos.

Acreditamos no que vemos ao decorrer do tempo, nossa experiência na área comprova que não há consumo responsável ou segura.

nenhuma dose eficiente no tratamento, isso acontece porque o paciente não consegue ter controle.

A princípio, ele até pode conseguir a dosagem, com o decorrer do tempo o descontrole aparece e é capaz de transformar qualquer cenário

Voltando a estaca zero, ou pior, agravando o caso, lembre-se sempre, a dependência química é uma doença progressiva.

Voltando a falar sobre a abstinência, muitos pacientes desistem de se manterem limpos pelas dores físicas e psicológicas que a abstinência causa.

O corpo, sobretudo, pede pela substância e se apresenta em diversas formas, dessa maneira é preciso ficar atento:

SINTOMAS DA ABSTINÊNCIA – TUDO SOBRE CLÍNICA DE REABILITAÇÃO EM SÃO PAULO

Abstinência da dependência química
Como ajudar um dependente químico na fase da abstinência

Alguns dos sintomas que a abstinência pode apresentar são:

  1. Ansiedade
  2. Falta de clareza no raciocínio, de modo geral
  3. Confusão
  4. Náuseas e vômito
  5. Diarreia
  6. Dor no peito
  7. Dor de cabeça
  8. Irritabilidade
  9. Depressão
  10. Angústia
  11. Compulsão por doces, comida, compras, etc
  12. Pesadelos
  13. Transtornos de ansiedade, síndromes do pânico
  14. Ausência de alegrias e prazeres
  15. Isolamento
  16. Fadiga
  17. Oscilações de humor
  18. Hipertensão
  19. Tremedeiras
  20. Convulsão
  21. Febre
  22. Sudoreses
  23. Taquicardia
  24. Dilatação das pupilas
  25. Alucinações
  26. Insônia
  27. Dores locais musculares
  28. Delírio e paranoia
  29. Agitação
  30. Automutilação
  31. Excitabilidade
  32. Pele fria e úmida
  33. Perda de apetite ou fome excessiva
  34. Suor noturno
  35. Flatulências
  36. Engasgos
  37. Desorientação
  38. Lentidão para executar qualquer atividade simples
  39. Tédio
  40. Perda de interesse
  41. Congestão nasal ou nariz escorrendo (sintomas parecem com gripe)
  42. Fala arrastada
  43. Formigamento nos pés
  44. Ranger de dentes

Muitas pessoas podem apresentar os sintomas da abstinência a partir de um dia sem usar, dependendo da dependência da pessoa.

Esses sintomas podem variar de acordo com cada individuo.

MOTIVOS PELOS QUAIS É IMPORTANTE FAZER O TRATAMENTO EM UMA CLÍNICA – ABSTINÊNCIA ASSISTIDA POR PROFISSIONAIS

apoio na abstinência
Porque é importante acompanhar os pacientes na abstinência?

É de suma importância ter um profissional por perto quando o paciente estiver nessa fase do tratamento.

Por isso é extremamente importante o tratamento em uma clínica, nessa fase os pacientes estão fragilizados e podem facilmente abandonar tudo

Isso acontece devido a dificuldade encontrada em ficar limpo, no momento da internação, o cérebro entende a ausência da substância

e por isso, fica mais fácil e confortável para o paciente, além disso, os profissionais estão atentos e prontos para dar todo o suporte necessário

conversando com o paciente em momentos de crise, e, sobretudo apoiando e mostrando que é possível

Encontre aqui as melhores opções de clínica de reabilitação no Brasil e no Mundo

Clínicas de reabilitação para dependentes químicos

que isso é uma fase e que tudo poderá dar certo no final.

Além do mais, os pacientes recebem orientação para vencer esse período e fortalecer quando o tratamento em uma clínica acabar.

Fale com um de nossos consultores e conheça melhor nossas unidades

Segunda fase do tratamento

clínica de baixo custo com atendimento de qualidades
ajuda com atendimento de qualidade 

A segunda fase do tratamento, afinal é quando finalmente o paciente começa a receber todo o tratamento.

Aqui são identificados sobretudo os gatilhos, reconhecidas as perdas e danos, os sentimentos são trabalhados, orientação sobre

a doença, propostas de autoconhecimento que além de serem excelentes para qualquer pessoa, não só dependentes químicos, promove

um reforço no que diz respeito a recuperação. Além disso, o reconhecimento primordial do real estado, admissão, rendição, orientação

para a prevenção à recaídas, entre outras soluções que podem favorecer o tratamento da dependência química de um modo geral com efeito de solidez.

Contudo, além de todas essas alternativas terapêuticas e práticas que possibilitarão uma mudança completa em comportamentos, pensamentos, sentimentos, atitudes

o paciente, sobretudo, restaura seu contato com o Poder Superior amoroso, benevolente e misericordioso.

Contudo, é importante lembrar que o tratamento não tem bandeira religiosa e que a espiritualidade é feita de maneira ecumênica.