Opções em Clinica de reabilitação em São Paulo

As 10 melhores clinicas de recuperação em SP

Clínicas de reabilitação em São Paulo – Clinica de recuperação em SP Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em quase todo o Brasil, as melhores clínicas de reabilitação estão aqui!

Clinicas de recuperação em São Paulo – Clinicas de reabilitação em SP (Masculinas)

Quando o assunto é tratamento para a dependência química, clínicas de recuperação / clinica de reabilitação, muitas dúvidas começam de fato a aparecer.

Pensando nisso, o Grupo Bella Clinic, atualiza a sua plataforma periodicamente para informar aos nossos leitores sobre as novas métricas de tratamento e

sobretudo, acerca de tudo que envolve a dependência química e os tratamentos disponíveis.

Se é sua primeira vez aqui vamos fazer uma apresentação, e contar como trabalhamos.

Somos um grupo, trabalhamos atualmente com mais de 400 clínicas parceiras em todo o Brasil, particulares e por plano de saúde.

Prestamos atendimento às famílias que buscam por informações e sobretudo opções de clínica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil.

Nossa plataforma conta com conteúdos exclusivos, atualizados periodicamente por nossa central da informação, que fica ligada a todas as novidades que permeiam o mundo da reabilitação.

Aqui você se informa sobre a doença da , seus tratamentos, tem dicas de como reconhecer a doença, procurar ajuda, links de grupos de apoio e muito mais.

Certamente, se você chegou até aqui é porque conhece alguém, que passa por esse problema, ou está com dúvidas sobre o uso excessivo de drogas / álcool / medicamentos de alguém.

Vale lembrar, que nossas clinicas parceiras não só tratam dependência química, como também outras compulsões como o vício em compras, em jogos e em alimentos.

Contamos ainda com suporte de unidades de recuperação de outras doenças da mente, como a famigerada Ansiedade, a depressão, esquizofrenia e bipolaridade.

Para conhecer melhor nosso trabalho, fique conosco, acesse nosso conteúdo e converse com um de nossos analistas para conhecer nossas opções de clinica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil.

O que é dependência química e como identificar?

A dependência química nada mais é do que uma doença, a qual é reconhecida pela OMS e que assola muitas famílias em todo mundo.

Por essa razão, o primeiro ponto aqui é não confundir uma doença com uma falha de caráter ou um defeito moral, e por essa razão, ela precisa de fato ser tratada.

Portanto, é de fato importante que estejamos atentos a alguns fatores básicos sobre a doença, para que possamos pensar em um tratamento que seja eficaz..

A primeira coisa a avaliar é que essa doença é biopsicosocial – atingindo o indivíduo em todas as áreas de sua vida.

Os comportamentos são sim um dos principais pilares de identificação da doença.

Atente-se a essa lista:

  • A doença é progressiva,, ou seja, quanto mais tempo o paciente persistir no uso, mais agravos a sua saúde mental, física e social.
  • É uma doença crônica, não existe cura, e uma clinica de reabilitação proporciona um tratamento inicial, assim como outros tratamentos para dependentes químicos
  • Pode ser fatal, não só pelos inúmeros riscos a saúide, mas também pela vulnerabilidade social que ela provoca.

Sabendo disso, é preciso identifica um dependente químico, para saber se de fato estamos falando de um.

O dependente químico, de modo geral, apresenta uma série de comportamentos que são de fácil identificação. Nem todos, ou melhor, a grande maioria

não consegue reconhecer os sinais por si só, é importante que a família esteja atenta, caso haja dúvidas sobre se o ente querido é ou não um dependente químico, afinal,

existem muitas pessoas que fazem uso de drogas e álcool de forma recreativa e controlada, esse não é o caso do dependente químico.

O dependente químico tem como sua maior característica o descontrole, a obsessão e a compulsão, vamos falar mais a respeito disso a seguir.

Características do dependente químico

Características do dependente químico clinicas de reabilitação masculinas
Características do dependente químico

O dependente químico apresenta uma série de características que são comuns, no entanto, vale lembrar que nem todos apresentam as mesmas caracteríscias e ai está o maior desafio do tratamento: A PERSONALIDADE.

Por essa razão, quando a família buscar por tratamento em clinica de reabilitação em São Paulo ou em qualquer lugar do Brasil, deverá saber que é

de fato muito importante que o local faça um tratamento personalizado, pensado de forma exclusiva as necessidades individuais de cada paciente,

afinal, cada pessoa é uma e tem demandas e necessidades diferentes.

Mas, de modo geral, a grade maioria apresenta características comuns, vamos enumerá-las:

  1. Descontrole sobre o uso da substancia
  2. Falta de compromisso
  3. Baixo desempenho no trabalho, estudos.
  4. Mudança repentina de humor
  5. Troca a noite pelo dia
  6. Deixa de lado compromissos familiares
  7. Troca do ciclo de amigos
  8. Falta de afeto
  9. Desleixo
  10. Isolamento social
  11. Descontrole financeiro
  12. Irritabilidade
  13. Ansiedade
  14. Sono excessivo ou insônia
  15. Falta de apetite

Se você conhece alguém que tem apresentado comportamentos parecidos com esses, acenda o seu sinal de alerta.

O melhor a fazer, nesse caso é sobretudo estabelecer um ambiente de afeto e confiança para conseguir um progresso.

A ideia é sempre ser ouvinte, não julgar e nem dizer como você se sente, mas apontar as mudanças e fazer com que a pessoa se abra para pedir ajuda.

Esse pedido nem sempre acontece como gostaríamos, isso porque a dependência química é uma doença de compulsão e obsessão e chega um determinado momento

que o dependente químico não pode nem imaginar sua vida sem a substância e esse medo adia a mudança e o tratamento.

Em outros casos, sobretudo na grande maioria, os dependentes químicos nem ao menos reconhecem a doença e acreditam que sozinhos podem controlar ou viver como uma pessoa

que não é um dependente químico (bebendo e usando drogas de forma controlada, aos fiais de semana ou algo do gênero.)

A aceitação é muito difícil, requer humildade e rendição, e muitas vezes, não acontece antes da destruição total (abandono da família, perda da dignidade e visa sub-humana).

É importante lembrar que a dependência química é progressiva e que portanto o que é hoje uma dose a cada dois dias, se torna 10 doses diárias até que o indivíduo comece

a fazer qualquer coisa para obter a substância.

Vender ou trocar todos os seus bens materiais, se prostituir, cometer pequenos delitos para obter a substância.

Isso mostra o quão complexa é essa doença e portanto o quão dificultoso é seu tratamento.

Uma clínica de recuperação em São Paulo, ou em qualquer lugar do mundo, bem como qualquer outra estratégia de tratamento, não será plenamente eficaz se o paciente

de fato não se render a esse tratamento, e sobretudo, fazer tudo o que é proposto dentro da clinica para obter a sobriedade.

Existem três tipos de internação para dependentes químicos que vamos ver mais a frente, no entanto, ainda que essa internação seja feita de forma involuntária,

o resultado depende da aceitação e conscientização desse acolhido dentro da instiruição.

A boa notícia é que a estatística de pacientes que aceitam o tratamento pós 60 dias de internação involuntária é muito boa, cerca de 80% dos pacientes.

A internação involuntária pode salvar uma vida, mas deve ser feita em último caso, com muita responsabilidade e após tentar todas as alternativas,

caso contrário, pode gerar revolta e não trazer nenhum benefício ao dependente químico, pelo contrário.

Estabeleça um ambiente de conversa antes de tomar decisões drásticas.

Como funciona? Opções em Clinica de reabilitação em São Paulo

Opções de clinica de reabilitação em São Paulo
Como funciona? Opções de clinica de reabilitação em São Paulo

O Grupo Bella Clinic conta com inúmeras opções em clínica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil, no entanto, antes de começarmos a falar mais sobre as nossas opções, é

importante explicar como esse tratamento funciona e em que ele pode ser útil a você ou ao seu ente querido.

Para começar, precisamos sempre lembrar que a clínica propõe uma nova ótica para o dependente químico sobre sua vida, suas atitudes, comportamentos

ensinando técnicas de manejo de pensamento, mudança de hábitos e rotina e sobretudo ensinando a não subestimar sua doença, reconhecendo situações de risco

e colocando a bandeira da sobriedade como a chave de sua vida.

Estar limpo deve vir antes de qualquer coisa na vida do dependente químico. pois, se estiver no uso nada mais fará sentido.

O dependente químico precisa entender que a sobriedade é que o faz viver, sem ela, o prazer imediato das droga só acarreta em destruição em massa de tudo que ele construiu até aqui.

Esmagando suas expectativas e sonhos, tirando de perto as pessoas que o amam, em troca de um prazer frágil e rápido.

Vale salientar portanto, que a clínica de reabilitação não fará milagres assim como nenhum outro tratamento.

Ela serve como imersão de conhecimento e uma proposta de autoconhecimento para que o dependente químico encontre dentro de si as chaves.

Também é benéfica para tirar o paciente da compulsão pela substância, afastando do ambiente de uso e entrando em abstinência, o que possibilita

uma visão mais ampla do todo, com a consciência retomada.

Outras comorbidades podem aparecer após iniciar um tratamento para dependentes químicos. E isso também pode ser avaliado dentro da internação e sobretudo, tratado.

Vamos entender as fases e o método de tratamento.

Fases do tratamento – Opções em clinica de reabilitação em São Paulo

O tratamento em uma clínica de reabilitação em São Paulo é feito através de técnicas terapêuticas, holísticas e várias outras abordagens

para permitir uma mudança de dentro para fora.

A primeira etapa, sobretudo é focada na desintoxicação do paciente, ao chegar, ele passa por um atendimento com equipe multidisciplinar.

Após processo de desintoxicação, é introduzido tratamento psicoemocional para que se inicie de fato o processo de conscientização , e autoconhecimento.

Em seguida, a última fase, onde as técnicas do programa de prevenção a recaídas começam a ter mais foco, para preparar o paciente para a ressocialização.

Muitos pacientes, no entanto, ao finalizarem seu tratamento dentro de uma clinica de recuperação, optam por alternativas de tratamento passarem mais um tempo nas chamadas

moradias assistidas ou residências terapêuticas, que fazem esse desmame da clinica de forma gradual, permitindo a librdade sem excessos e com monitoramento

de profissionais.

Outros pacientes, no entanto, preferem ter um suporte de um acompanhante terapêutico introduzido em suas rotinas, seja por um tempo determinado

ou em tempo integral.

O tempo sugerido de internação, portanto, é de 180 dias, seis meses, para que o paciente posa passar por todas essas etapas e conseguir sair de uma clínica mais fortalecido para enfrentar a realidade, como ela é.

Durante esse período é de suma importância que a família continue auxiliando, e dando todo o suporte necessário, seja nas visitas, ou até mesmo nas ligações.

Co-dependência é a doença da família, e precisa de fato ser tratada da mesma maneira.

Grupos de apoio como NAR-ANON e o AMOR EXIGENTE prestam esse serviço às familias de dependentes químicos em todo o Brasil.

Agora que já sabemos como funcionam as etapas de tratamento dentro de uma clínica de reabilitação em SP, vamos entender melhor a metodologia.

Método de tratamento – Opções em clínica de reabilitação em São Paulo

O método de tratamento desenvolvido conta com uma série de operações para garantir uma recuperação de sucesso e eficaz.

Nesse tópico, portanto, vamos esclarecer um pouco melhor sobre as práticas desenvolvidas nas clínicas de recuperação, sobretudo, na grande maioria das unidades.

Assim como dito no vídeo acima, existem muitas opções em Clínica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil.

Clínicas de baixo custo, médio e alto padrão, clínicas que aceitam planos de saúde como forma de pagamento, enfim, muitas opções.

Todavia, nem todas seguem as mesmas metodologias de trabalho, tendo em vista que até mesmo nas clinicas mais simples é necessário que haja a introdução de algumas práticas.

Listamos aqui uma série de opções de tratamentos que são visivelmente encontrados na imensa maioria das opções das mais simples as mais completas.

Vamos começar?

Terapia dos doze passos (N.A e A.A)

Os doze passos são uma metodologia universal, utilizados no mundo todo e com o intuito de contribuir para uma mudança com autoconhecimento,

onde a espiritualidade de forma ecumênica é um dos pilares da recuperação.

Os doze passos contribuem para a sobriedade de milhares de pessoas em todo o mundo.

Conheça os doze passos:

Terapia Racional Emotiva

A terapia racional emotiva colabora para a mudança de pensamentos, trabalhando sentimentos que são de fato extremamente importantes

para a mudança de vida do dependente químico.

A T.R.E. ajuda no manejo de pensamentos e ajuda o dependente químico a trabalhar sentimentos como a raiva, a vergonha e a culpa.

outros sentimentos nocivos que são tratados através da TRE são os chamados 3 Rs:

  • Remorso
  • Ressentimento
  • Rejeição

A TRE estimula o dependente químico a reconhecer esses sentimentos negativos, assim como outros, e então através da percepção poder se libertar,

pois a percepção leva a escolhas que promovem mudanças.

Terapia comportamental cognitiva – Opções em clínica de reabilitação em São Paulo

A TCC tem como principal objetivo central o que chamamos de fato de restabelecimento do controle da atenção, a ressignificação

,do seu pensamento por meio de uma reestruturação cognitiva do acolhido a partir do uso de algumas estratégias terapêuticas ao qual são adaptadas a cada subjetividade e sintoma.

É uma abordagem da psicoterapia, que visa entender a forma como o ser humano reage aos acontecimentos, ou seja como interpretamos os

acontecimentos e como eles de fato scontecem.

Tem como intuito tratar problemas psicológicos, emocionais e comportamentais, não somente no caso da dependência química mas também é eficaz em tratamentos para a depressão, ansiedade e demais

transtornos psicoemocionais.

Programa de prevenção a recaídas:

O PPR (programa de prevenção a recaídas) é utilizado sempre ao fim do tratamento, com intuito de propor uma mudança de dentro para fora nos pacientes.

Esse programa tem como métrica, os chamados “evites” e “procures” que são estratégias para manter o dependente químico focado e lembrando sempre de nunca subestimar sua doença.

Terapia individual:

A psicoterapia individual tende a alcançar camadas mais profundas da psique de cada acolhido, tratando causas enraizadas e possíveis traumas e transtornos que não são vistas a olho nu.

é importante essa terapia para atingir o problema no foco.

Introdução medicamentosa:

Deve ser feita com muita cautela, e somente quando o paciente de fato tiver essa recomendação, após passar por uma avaliação periódica com o psiquiatra.

Vale lembrar que é inevitável que o paciente tenha de fato a recomendação, a introdução medicamentosa não pode ser para todos os pacientes, e nem deve

ser introduzida sem que haja recomendação, e sobretudo tomar cuidado para que não seja substituída uma droga por outra.

Acompanhamento com psiquiatra

O psiquiatra é um profissional fundamental no tratamento da dependência química e do alcoolismo, bem como outras doenças psicoemocionais.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o psiquiatra não tem foco somente em prescrever medicação e acompanhar , mas em desenhar a anamnese e entender melhor cada paciente.

Ainda que você opte por uma clínica de baixo custo, onde a periodicidade de at4endimentos com esse profissional seja inferior, é importante que tenha.

Nunca opte por uma clinica de recuperação que não tenha assistência de um psiquiatra.

Reunião de sentimentos:

A reunião de sentimentos ajuda no processo de identificação de sentimentos que podem ser nocivos para a recuperação e sobretudo, auxilia em uma mudança.

A reunião de metas é também outra reunião de partilha, assim como a reunião de sentimentos, e tem também por objetivo uma mudança completa.

Quando ouvimos nossa voz em alto som, e ouvimos o outro reconhecemos algumas características nossas que precisam ser resinificadas.

Terapias ocupacionais:

A parte holística do tratamento não deve ser esquecida e é de fato fundamental para uma mudança completa e efetiva.

Nem só de reuniões, e terapias resiste a recuperação. A terapia ocupacional ajuda em muitos aspectos, inclusive, na mudança , estimulando os acolhidos a terem além de uma ocupação

ajuda no resgate a valores super importantes, como a autoestima, o sentimento de pertencimento e utilidade, sentimentos e valores esses que na adicção ativa são devastados.

Educação física e acompanhamento nutricional:

Essenciais para a mudança de hábitos, rotina, e favorecimento do processo de aceleração da desintoxicação.

Internação voluntária e internação involuntária:

opções em clinica de reabilitação em são paulo - internação invvoluntária
Clinica de reabilitação em São Paulo – Internação Involuntária, voluntária e compulsória

Existem três modalidades de internação em clinicas de recuperação em SP e em todo o Brasil.

A primeira, é a internação voluntária, ou seja, a internação que é determinada pelo próprio dependente químico, que decide passar pelo processo de recuperação.

Nesse caso, o paciente é o responsável por seu tratamento, assina a sua internação, e decide quando encerrar o tratamento também.

A internação involuntária, no entanto, é quando o paciente não aceita que tem um problema e então, não decide por si só buscar ajuda em uma clinica.

A família então, decide por ele, e pode tomar essa atitude de internar involuntariamente um dependente químico,n desde que esse esteja oferecendo risco a própria via, ou a vida de demais pessoas.

Essa internação deve ser feita em último caso, quando o paciente já estiver colocando a vida em risco, e por si só não aceitar ajuda de forma alguma.

A lei garante esse direito a parentes consanguíneos de primeiro grau.

Além da internação voluntária e da internação involuntária temos ainda a modalidade de internação compulsória que acontece somente com solicitação judiciaol.

É comumente utilizada como medida socioeducativa ou alternativa penal.

Opções em Clinica de reabilitação em São Paulo

Dentro da nossa plataforma você poderá encontrar muitas opções em clínica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil,

veja abaixo algumas opções de unidades de clínicas disponíoveis em nossa plataforma

O grupo Bella Clinic trabalha com as melhores opções em Clinica de reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil, com vasta experiência e profissionais altamente qualificados, temos

mais de 90% de feedbacks positivos.

Consulte uma de nossas analistas e conheça melhor nossas alternativas!

Clinica de recuperação, clinica de reabilitação, clinica de recuperação em sp, clinica de recuperação em São Paulo, Clinica de reabilitação em São Paulo, Tratamento para dependentes químicos,

tratamento da dependência química, tratamento de dependentes químicos, tratamento de alcoólatras, tratamento para alcoólatras, tratamento de alcoolistas, tratamento para alcoolistas, tratamento do alcoolismo, tratamento para alcoolismo,

internação para dependentes químicos, internação para alcoólatras, internação voluntária, internação involuntária, clinica para dependentes químicos, clinica de dependentes químicos, clinica de dependência

química, clinica para alcoólatras, clinica de alcoólatras, tratamento álcool e drogas, clinica para tratamento de álcool e drogas, internação em clinica de recuperação, alcoolismo, dependência química, internação dependentes químicos, clinicas

de recuperação.

Conheça as 10 opções em clínica de recuperação em São Paulo mais acessadas de nossa plataforma