Tratamento para o crack

Tratamento para dependência do crack

Veja ainda:

Clínicas de reabilitação em São Paulo – Clinica de recuperação em SP Tratamento para dependentes químicos e alcoólatras em quase todo o Brasil, as melhores clínicas de reabilitação estão aqui!

O quê é a Dependência do Crack

Você também pode gostar:

Encontrar a melhor clínica de recuperação em São Paulo


O crack é um elemento com a derivação da viação que chegou para popularizar essa droga.

Ela surgiu em 1984, nos grandes centros Estados Unidos e veio para o brasil na década de 90. Ela chegou e mais

do que depressa foi uma droga que se popularizou. O nome ‘crack’ foi dado porque vem do barulho que as pedras fazem ao serem queimadas durante o uso delas.

Efeitos do Crack – Tratamento para dependência do crack


Devido á sua ação sobre o sistema nervoso, seus efeitos tem a duração entre 10 á 15 segundos com durabilidade de aproximadamente 5 minutos.

Pelo simples fato de ter um início e término mais rápido do efeito faz com que o usuário repita o uso com muita frequência.

Logo após os efeitos acabarem pode gerar uma aceleração nos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial,

um intenso suor, tremores, pode ocorrer também a dilatação das pupilas e ainda pode sentir uma forte depressão,

o que leva a pessoa ter uma vontade imediata em consumir essa droga.

Quanto mais rápido for o começo da ação de uma substância química e mais rápido o término,

maior se torna, de fato esse poder viciante dessa droga, e no caso do Crack são efeitos rápidos..

Quais são esses efeitos


O Crack é uma droga estimulante do sistema nervoso central e seus efeitos são:

  • Excitamento
  • Acréscimo de energia
  • Intensa sensação libido
  • Exaltação
  • Autoconfiança
  • E uma maior sensação de ter poder
  • Alterações do senso percepção.
  1. Ter o pressentimento de alguém estar lhe vigiando, ou até mesmo ter a “Paranoia” de estar sendo perseguido.
  2. Alucinações de estar ouvindo vozes ou barulhos, e ainda poder criar situações que não existem.

Efeitos do Crack em Longo Prazo – Tratamento para dependência do crack

Se a pessoa fizer consumo da droga em longo prazo ela pode ter graves danos no coração, fígado e também nos seus rins.

Quando o mesmo sobretudo não está em uso dessa substância e já é dependente, o viciado sente uma depressão muito forte que faz ter uma vontade muito grande em fazer o

consumo dessa droga.

O aumento do metabolismo e contudo a falta de apetite leva o dependente a ter um emagrecimento muito rápido, muitas vezes pode ser considerado até desnutrição.

O CRACK traz ainda vários problemas que são prejudiciais à saúde, como tosse, falta de ar, dor no peito e entre outras coisas, essa a droga é fumada em grandes

temperaturas e na maioria das vezes em condições de higiene bem ruins, levando em consideração a perca de imunidade que o dependente possa ter isso faz com que

ele contraia, sobretudo, muitas doenças que podem ser infecciosas e comprometer seus pulmões.

Exemplos:

  • Tuberculose, pneumonia.

Com o uso dessa droga, o dependente pode passar a ter uma imunidade muito baixa, sendo assim ele está com um risco maior de contrair essas doenças que são infecciosas.

A DST é uma doença muito frequente e comum. Pois se torna “Normal” ter relações sexuais sem qualquer proteção..

O uso dessa substância, contudo, traz uma agressão ao cérebro do indivíduo e pode levar a varias complicações

neuropsiquiátrica, como psicose, se tornar depressiva, ter convulsões e prejuízos cognitivos, ou seja, ter sérios problemas com atenção de memória e capacidade de

organização

Com o uso do Crack frequentemente, pode causar uma interferência do indivíduo processar os neurotransmissores.

Ou seja, o corpo se acostuma, e a pessoa passa a

precisar dessa droga cada vez mais, dia após dia, para que o mesmo se sinta um indivíduo normal.

Com o passar do tempo no entanto, a pessoa usa todo o seu tempo de vida para o foco em consumo dessa substância, e os seus pensamentos estão sempre voltados em

Preciso conseguir mais Droga”, com isso os usuários de Crack contudo, perdem totalmente o interesse em ter outra qualidade de vida, como por exemplo, ter um cuidado pessoal

consigo mesmo, e até mesmo um cuidado maior com a sua alimentação.

Quando o efeito do Crack passa, portanto, o dependente sente uma depressão e angústia avassaladora, e com isso ele faz qualquer

tipo de coisa para que consiga mais dessa droga, isso é tão desesperador que pode levar o viciado a tirar a sua própria vida cometendo o suicido.

Podemos, portanto, ter uma percepção de que estamos diante de uma droga de grande potencial em causar graves danos à saúde.

Na maioria das vezes, contudo, o dependente perde a sua capacidade de vida e pode ser que o mesmo precise de uma internação involuntária, em uma clínica

tendo o apoio da família para que isso aconteça já que o paciente não concorda que isso se trata de uma doença.

Porém há muitas coisas ditas sobre essa doença que de fato não são verdades, como por exemplo,

ser uma patologia não existe tratamento e que o individuo sobretudo será sempre um usuário.

Algumas pessoas, todavia, necessitam de um acompanhamento psicológico de enfermagem, outros precisaram

ser medicados e sobretudo de um tratamento psiquiátrico mais especializado.